Informação sobre fibromialgia, causas, sintomas e tratamento da fibromialgia, identificando o modo como se obtêm diagnóstico e identificando formas que contribuam para uma melhor qualidade de vida das pessoas que sofrem deste problema de saúde.


Como é que a fibromialgia é diagnosticada?

A fibromialgia é muitas vezes difícil de diagnosticar, já que os sintomas variam muito e podem ter diversas causas. Os sintomas da fibromialgia podem ser semelhantes aos de outras doenças, como por exemplo hipotireoidismo. 
Não existem testes específicos de sangue, raios-X ou exames que possam confirmar um diagnóstico de fibromialgia. Na verdade, caracteristicamente, todos estes ensaios são normais. O seu médico pode sugerir-lhe análises ao sangue para descobrir se os resultados são normais, o que pode ajudar a descartar outras causas de seus sintomas e confirmar que você tem fibromialgia.
Até recentemente, o diagnóstico de fibromialgia baseou-se na presença de pontos dolorosos específicos em determinadas áreas do corpo, que podem ser macios, mesmo quando pressionados muito suavemente.
Muitas pessoas acham que outras áreas também são dolorosas. Diretrizes lançadas em 2010 recomendam que os profissionais de saúde deveriam agora considerar a fadiga no paciente, assim como o acordar com a sensação de que o sono não foi recuperador, ou mesmo sintomas cognitivos (problemas com processos de pensamento como memória e compreensão), quando fazem o seu diagnóstico para fibromialgia. No diagnóstico da fibromialgia deve ainda ter-se em conta a história de dor do paciente com duração de três meses ou mais.

Índice dos artigos relativos a Fibromialgia
POSTAGENS POPULARES

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL